Seu filho costuma morder?

Mordida é assunto conhecido em muitos lares e escolas de educação infantil, não é mesmo?

É comumente uma fase que faz parte do desenvolvimento infantil – mais comum entre 2 e 3 anos – , fase esta já descrita por Freud como fase oral do desenvolvimento da personalidade.

Nesse período a criança passa a descobrir o mundo por meio da boca. Ela ri, chora, se expressa verbalmente, prova ou rejeita os alimentos e muitas outras coisas. E nem sempre o ato de morder significa a expressão de um sentimento de raiva ou agressividade por parte dela.

Nessa idade a criança ainda não desenvolveu por completo a comunicação verbal, e o ato de morder pode sim ser uma forma de comunicar emoções, frustrações, desejos e até mesmo demonstração de carinho.

Leia mais: Desfralde: quando é a hora certa?

Mas, afinal, morder é normal?

Em vídeo, nossa coordenadora da Educação Infantil, Adriana Couto nos conta sobre essa intencionalidade, suas interpretações e ainda nos dá dicas valiosas sobre como lidar com esse desafio de forma empática, acolhedora, mas também pedagógica.

Clique aqui e confira!