A caminho das melhores universidades

O site Estudarfora.org publicou recentemente a sua análise sobre o que as grandes universidades do mundo, em maioria norte-americana, valorizam nos seus processos de admissão de novos estudantes. Além de uma boa base de inglês na escrita e na fluência oral, outras importantes característica foram percebidas como benquistas no perfil dos candidatos: a empatia, o comprometimento no trabalho em equipe, a boa comunicação e a capacidade de delegar e executar.

Essas atitudes, há tempos, são pedidas por empresas de renome no cenário mundial. Quem desenvolve tais competências está propenso a tomar iniciativas de projetos, a saber coordenar e a mobilizar os outros a colaborarem por um bem maior. Pontos em sintonia com o perfil dessas grandes casas de ensino, que agem como um celeiro para profissionais visionários.

Outra capacidade prezada nas seleções é o autoconhecimento. Na application, uma das várias etapas do acesso às universidades, o candidato precisa dissertar sobre sua trajetória, sobre seus objetivos e pretensões. Enfim, é necessário contar sua história, esclarecendo valores, motivações, forças e fraquezas. Trabalho que só pode ser realizado de maneira coesa através de uma reflexão verdadeira e segura da própria personalidade.

Todos esses pontos fazem parte de um leque de habilidades chamadas de socioemocionais. Embora muito importantes para uma boa formação cidadã, estão além do aprendizado convencional. Diante desse cenário, que já é real, este ano estamos retomando a disciplina Qualidade de Vida, que enfatiza exatamente essas características. Presente na grade curricular de maneira sistêmica, a matéria pretende trabalhar o lado sentimental, social, empático e comunicativo dos nossos alunos. Saiba mais entrando em contato conosco.

Unidade Itanhangá: 21 3433-3900
Unidade Tijuca: 21 2204-7300

Fonte: http://bit.ly/2DLuFdO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *