Amyr Klink no Mopi

No início do mês de fevereiro, nossos educadores retornaram para mais um ano letivo, e a data não passou em branco. Convidamos o navegador Amyr Klink para participar desse momento e inspirar nossos mestres com suas histórias de superação e amor pelo conhecimento, entre outros temas.

Klink falou sobre seu início no comando de embarcações, desde a época da universidade, relatando como foi duro, mas proveitoso, em razão do aprendizado de como ser uma pessoa mais empenhada e não desistir fácil. Também comentou sobre sua relação de carinho pela cidade de Paraty e o envolvimento que o lugar tem com o mar, levando-o a andar de canoa pelas vielas alagadas quando garoto.

Das muitas aventuras relembradas, o também escritor comentou suas jornadas que viraram livros. Em “Cem dias entre céu e mar”, muito comum como obra indicada por escolas em todo o Brasil, Klink reúne as memórias da travessia do Atlântico, em 1984. Aprendizados valiosos surgiram da solidão e da proximidade com a natureza. As lições de resiliência, criatividade, coragem e sabedoria foram construídas em cada viagem e compartilhadas com nossa plateia, visivelmente empolgada com o bate-papo.

Iniciamos o ano com o pé direito no espírito edificante das palavras deixadas pelo nosso convidado. Nos próximos meses, teremos várias inovações, e a presença de Amyr Klink por aqui só ressalta a motivação em trabalhar para uma educação de qualidade, sempre direcionada para formar cidadãos comprometidos com sua própria trajetória e com o mundo à sua volta.