Aula sobre Clarice Lispector

“A palavra é meu domínio sobre o mundo.” A citação é da grande Clarice Lispector e ilustra uma pequenina amostra da sua essência como artista. Lembrando que é impossível resumi-la em apenas uma frase. Quem tem plena consciência disso é o jornalista Caio Peçanha, um dos nossos ex-alunos, que tem se debruçado sobre o vasto universo da escritora em suas pesquisas acadêmicas.

Caio se formou em Comunicação Social, mas, em seus estudos recentes, tem se dedicado a assuntos relacionados à literatura, psicanálise e filosofia. Esses dois últimos, pontos marcantes nos trabalhos de Lispector. Um exemplo é o conceito de “epifania”, aquele estalo de consciência que surge bem no meio de uma atividade do cotidiano. Isso ocorre bastante nas narrativas da Clarice, que usa o recurso para conduzir o personagem a uma viagem interior de autoconhecimento. Esse foi um dos temas centrais da aula exclusiva ministrada pelo nosso convidado para o Ensino Médio.

Para o encontro, a professora Ana Lúcia, mãe de Caio, sugeriu à turma a leitura de três contos da autora em questão, para que todos pudessem ter um contato prévio com a linguagem e o estilo, identificando traços literários. No bate-papo, várias questões acabaram surgindo, como a habilidade de Lispector abordar o “nada”, a ideia de Deus, a solidão, o mundo interior, entre outras coisas. No geral, um belo panorama foi explanado sobre a importância dessa mestra da ficção para a literatura brasileira, aprendizado essencial para nossa formação cultural e, ainda, importante para o ENEM e os demais exames das universidades. Nós adoramos a visita e já estamos esperando a próxima!