Aprovada na UFRJ, nossa ex-aluna conta sobre sua experiência e dá dicas para quem vai prestar vestibular

“Sempre gostei de criação artística, e Arquitetura foi o curso que sempre me chamou atenção, diz Patrícia Monçores, ex-aluna do Mopi aprovada no curso de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. A jovem contou para a gente como foi sua preparação para o vestibular e falou sobre sua experiência como aluna do Mopi.

Desde o nono ano, Patrícia já sabia o curso que queria seguir, mas foi no Ensino Médio, quando estudou no Mopi, que teve certeza sobre sua área de atuação. Ela pesquisou bastante sobre todo o universo da Arquitetura e disse que a orientação vocacional oferecida pelo colégio deu uma ajudinha especial, pois apresentou mais detalhes sobre a profissão.

Para se preparar para o vestibular, ela acompanhava com atenção as aulas do Mopi e reforçava os estudos em casa. “As aulas do colégio me trouxeram base e preparo para fazer a prova”, conta Patrícia, que ainda destacou a importância dos simulados oferecidos pelo Mopi: “Os simulados treinavam nossa resistência e familiaridade com o processo do vestibular.”

Nossa ex-aluna aproveitou para deixar uma dica para todos os jovens que prestarão vestibular em breve: “Além de se dedicar durante as aulas e simulados, é importante reservar um tempo para você, para se distrair de vez em quando.” Ela reforça ainda a importância de manter o controle emocional durante o vestibular. “A prova pode parecer difícil à primeira vista, mas o nervosismo atrapalha mais do que o conteúdo em si, então é importante saber equilibrar os momentos de estudo e lazer para conseguir bons resultados no final.”

Para Patrícia, sua experiência no Mopi foi bastante positiva, pois ela se sentia muito à vontade dentro do ambiente escolar. Ela gostava muito do acolhimento que recebia de todos do colégio e destaca a forma particular que cada aluno é tratado. “Toda a equipe sempre se preocupou com cada aluno individualmente e o ensino não se resumia às matérias básicas dadas em sala de aula.”

Trabalhar as competências socioemocionais é um dos pilares de nosso projeto pedagógico e Patrícia parece ter assimilado bem a nossa proposta. “O Mopi foca no pensamento crítico, na empatia e ensina o aluno a enxergar uma forma mais sustentável de ajudar o mundo a se tornar um lugar melhor.”, finaliza.

Estamos muito orgulhosos, Patrícia! A equipe Mopi agradece a confiança em nosso trabalho e deseja muito sucesso a você!